A marca Puma, em parceria com o designer industrial Yves Béhar, desenvolveu “caixas” mais sustentáveis para o negócio de tênis. Não são bem caixas como conhecemos, e sim uma mistura de sacola com embalagem de papelão.

Chamada de “clever little bag”, algo como “sacolinha esperta”, esta iniciativa pretende reduzir a emissão de carbono e cortar em 60% o uso de água, combustível e matéria prima, usados para a produção das caixas de papelão. Em meados de 2011, todas as antigas embalagens serão substituídas por essa nova.

Segundo a empresa, a sacola é feita de um material que protege amplamente os produtos desde a fábrica até a casa do consumidor, eliminado também sacolas plásticas no varejo e ajudando o usuário a guardar o sapato. Isso deve resultar em uma redução anual de 8.500 toneladas de papel, 20 milhões de Megajoules de eletricidade e 1 milhão de litros de água e diesel no processo de manufatura e distribuição dos produtos.

A empresa vai também orientar as lojas próprias a substituir as sacolas de plástico convencional e de papel por sacolas de material biodegradável. A empresa disse que isso dever resultar numa economia de 192 toneladas de plásticos e 293 toneladas de papel por ano.

O programa prevê mudanças nos produtos e processos de produção para que, até 2015, 50% de tudo que a empresa fabrica esteja de acordo com melhores padõres de sustentabilidade.

A empresa anunciou metas para reduzir em 25% emissões de CO2, energia, água e resíduos no período. Isso vai ser feito por meio de uma profunda revisão de todo o seu sistema de logística, transporte e da cadeia de fornecedores.

Ideia bem legal para diminuir a poluição e predatismo do planeta; além de diminuir muito os custos com produção e entrega. Tem tudo para mudar a indústria da moda como um todo.

Boas ideias devem ser seguidas, ainda mais quando ajudam a humanidade.

Anúncios