Virginia Campbell.

A senhora norte-americana, de 99 anos de idade, sempre foi leitora voraz. E tal qual boa parte dos leitores assíduos, também gosta de escrever.

Acontece que, há algum tempo, Vírgina sofre com um glaucoma, o que a deixou longe dos livros e suas letras miúdas. E é agora, aos 99 anos, que ela vê em seu primeiro computador, um iPad, a possibilidade de voltar ao hábito da leitura.

Não importa muito se foi produzido ou não pela Apple. Particularmente, creio que não. Mas é inegável o quão bem um vídeo com emoção na dose certa pode fazer à uma marca.

vi no Merigo

Depois de algum tempo sem dar as caras por aqui, falha indesculpável confesso, volto à linha de frente do Passo o Ponto.

Circula pela rede um vídeo sensacional, homenageando Tarantino e os Irmãos Coen. A trinca é responsável pelo que tem sido feito de melhor no cinema contemporâneo, na minha humilíssima opinião.

Recomendo veementemente clicarem no play logo abaixo, vale cada segundo.

Google Buzz

Fevereiro 9, 2010

E os caras do Goolge deram mais um passo rumo a dominação mundial.

O Google Buzz reúne o que há de melhor em várias redes sociais, com a vantagem de estar integrado ao GMail.

Agora falta só conquistar a Europa, Oceania e mais um continente, à escolha deles, evidente.

E mais um vídeo exclusivo sobre o Buzz em aparelhos móveis.

Isso em um IPad deve ser até covardia.

On to the next one

Janeiro 5, 2010

Jay-Z é um sujeito brabo. Mais uma do cara, beat arrasador, rimas idem. Alguém ainda se surpreende?

ps: Headphones potentes altamente recomendáveis antes do play, sem misérinha de fone ipodiano.

Trends para 2010

Novembro 30, 2009

Recentemente saiu a lista das 20 tendências de consumo, comunicação e comportamento esperadas para 2010. O ranking ficou a cargo do Trend Hunter. Como era de se esperar podemos ver algumas que de fato podem vingar, outras nem tanto. De qualquer forma vale a pena conferir o que você poderá fazer daqui pra frente, ou evitar de antemão as apostas absurdas.

Welcome to the petabyte age

Novembro 30, 2009

Não há duvidas que desde os tempos da internet discada somos cada vez mais bombardeados por conteúdo. O caminho entre os disquetes e os super HDs foi percorrido em velocidade supersônica. De certa forma fomos nos acostumando com este aumento exponencial de informação, e nos beneficiamos das facilidades que isto nos trouxe.

Convivemos com bytes, megabytes, gigabytes, terabytes. Mas, será que há limite? A quantidade de informação continuará crescendo infinitamente?

Confira este sensacional infográfico elaborado pela empresa de armazenamento Mozy.

A revolução inevitável

Novembro 23, 2009

Você é daqueles que acham Orkut, Facebook, Twitter e outas mídias sociais apenas uma moda passageira? Ou não vê utilidade, acha que não passam de poços de futilidade?

Talvez não esteja enxergado a coisa abaixo da superfície. Convido-o a mergulhar, surpreenda-se.

via Blog do Link